De um amigo. Mais do que isso. Para uma irmã.

.

Permita-se sofrer. Mais do que isso.

Dê-se a liberdade de sofrer aquilo que lhe cabe de dor.

.

A adição é o todo e metade se divide. Mais do que isso.

Subtrai mais vezes por levar parte de você.

.

Um dia, todos irão. Mais do que isso.

A qualquer hora, nós partiremos.

.

Alguns já se foram. Mais do que isso.

Seguimos indo.

.

Não estamos sozinhos. Mais do que isso.

Permanecemos juntos tendo uns aos outros.

.

Partir é inevitável. Mais do que isso.

Viver o agora é múltipla escolha.

.

Temos nossas mães. Mais do que isso.

Elas sempre permanecerão nossas mães.

.

Mais do que a admiramos, a amamos.

Mais que amigos, irmãos.

.

.

.

Escrevi esse poema para a minha velha amiga e mais nova irmã Marcella Campos, a quem respeito, admiro e amo muito.